quinta-feira, 21 de julho de 2016

Dicas para fazer seu bebê dormir

Bebê dormindo


Os três primeiros meses da vida do seu bebê é um momento de transição entre o útero do mundo e o mundo real; ela é, verdadeiramente, o "4º trimestre." Seu trabalho é introduzir o bebê através desta transição, indolor quanto possível.

No útero, o bebê foi naturalmente desperta e ativa exatamente quando você não estava: na noite. Agora que ela não está mais vivendo dentro de você, você deve gradualmente shift-la a partir de um noturna agenda para um dia normal (diurno?) agenda. Este é um processo gradual e não é o que acontece durante a noite, mas você deve começar assim que você chegar em casa do hospital.
Muitas mães cair na armadilha de deixar o bebê completamente ditar o seu próprio dormindo calendário, porque PARECE muito natural e maravilhoso. É a coisa certa a fazer, certo? Que o bebé a fazer o que o bebê quer fazer. Eh... nem tanto...

Leia também: Sexo durante a gestação

Lembre-se: Seu bebê é apenas um tronco cerebral neste ponto. Ela é apenas reagir aos estímulos. Você e seu córtex cerebral tem que fazer o trabalho pesado e guia o seu bebé através da transição para um horário diurno. Caso contrário, você vai acabar com uma de 8 meses de idade do bebê que está acordando várias vezes durante a noite exige ser alimentado e pronto para a festa – e você e seu marido não vai obter qualquer aparência de normalidade de volta em sua vida por um longo, longo tempo. Você terá de contratar um sono consultor para curá-lo de sua tristeza, blá, blá, blá. Basta dizer não.

Durante a primeira semana em casa do hospital, seu bebê vai dormir MUITO. Eles estão se recuperando desde o nascimento e o ajuste para os fatores de estresse do mundo exterior. Eles precisam de um monte de dormir. Grande! O que é uma coincidência, porque você também! O problema é, eles estarão vindo para o cocho para alimentar a cada 2,5-3,5 horas. Eles precisam de refeições frequentes para preencher esses pequenos barriga.

O dia é quando você realmente se concentrar em encher o seu tanque com leite. Começando com a primeira alimentação após o nascer do sol, alimentar o seu bebê a cada três horas (no mínimo!), o tempo de INÍCIO do último feed para o início da próxima alimentação. Acordá-los de dormir (durante o dia) se deve. Você pode se sentir mal em fazê-lo, mas não. Isto é muito importante, e que os impede de dormir muito durante o dia, o que vai impedi-los de dormir bem à noite.

Depois de algum tempo (uma semana, por alguns, de várias semanas para os outros), você vai começar a notar que o seu bebê dormir por mais de três horas de span à noite. Ah ha! Este é o primeiro vislumbre de noite normal de sono. Não se preocupe, pois o intervalo é maior, a sua produção de leite irá ajustar de acordo. Você pode sentir um pouco dilatadas, quando acontece, no entanto. Acabou de rolar com ele. Você pode também bomba (só um pouco!) para alívio.

Como este intervalo alargado, você vai precisar para iniciar o cluster de alimentação à noite. Cluster de alimentação significa apenas que você ama (ou a garrafa de alimentação), muito frequentemente direito antes de dormir. Assim, se "hora de dormir" é de 8 horas, de alimentar o seu bebé de 6 pm 7 pm, e talvez um top-off antes de ir para baixo para a noite-noite. Essa vai encher suas barrigas para que eles possam ir mais antes de acordar com fome. Você pode praticar alguns exercícios para emagrecer. Algumas pessoas também chamam a isto o "sonho de alimentação." Eu chamo isso de comprar uma apólice de seguro em seu próprio sono naquela noite.

Se feito corretamente, você irá notar este período-de-dormir-no-noite, gradualmente, alongar e alongar. Para Lucie, aconteceu rápido. Uma noite, ela dormiu a partir das 10 pm-3 am (weeeeeeeee!). Na noite seguinte ela acordou às 4 da manhã. Na semana seguinte, ela dormiu a partir das 10 pm às 5 horas, 6 horas da manhã, em seguida, (ohmygodddd) 7 am. Foi uma coisa linda. Eu derramei uma lágrima. Ela estava "dormindo durante a noite", por 7 semanas. Esta é a parte onde eu tenho que dizer, **os Resultados podem não ser típicos. Ser capaz de dormir durante a noite, depende muito o peso do bebê, de 11 a 15 kg, sendo o intervalo onde isso se torna possível. É por este motivo as mulheres que querem os bebês são nutso!

O ponto é: a Vida é uma merda quando você tem que acordar cada 2-2.5 horas e você não obter qualquer continuidade no seu sono. Você se sente como um zumbi ao redor do relógio. Nenhuma quantidade de cafeína pode corrigir você. Quando você dorme? Os anjos a cantar e a vida é o grande novamente. Isto é, quando você se tornar um obnoxiously feliz mãe. Yay. Este é o nosso objetivo.

segunda-feira, 27 de junho de 2016

10 dicas para você enviar e-mails como um profissional



Neste dia e idade, você acha que todo mundo teria a arte de e-mail completamente para baixo. Você pensa.

Mas, a verdade é que existem tantos tipos diferentes de e-mail você pode escrever, que não é de admirar que a maioria das pessoas se confundem entre pessoal e profissional, de conversação e de negócios, formais e informais.

Tal confusão, enquanto um pouco compreensível, ainda é completamente inaceitável quando se trata de um profissional.

Para afiar o seu e-mail profissional habilidades de escrita, siga essas dicas quando escrever um profissional de e-mails, seja para prospecção de postos de trabalho, para fins de rede de comunicação, para os colegas ou para quaisquer outros negócios relacionados, motivo:

1. Assunto

Não: Nunca deixe o campo de assunto em branco! Muitas vezes, as pessoas deixam-lo em branco ou escrever uma vaga par de palavras que realmente não detalhe o que está no e-mail.

O que fazer: o Que você deve fazer é escrever um breve, mas preciso descrição do que a mensagem de email contém. O objetivo é ajudar o destinatário a organizar sua caixa de entrada criando uma precisão título; incluindo os de datas ou prazos que eles podem precisar rapidamente de referência.

2. Formalidades

Não: Suponha que você pode escrever um informal e-mail, como se para um amigo.

O que fazer: Mantenha-o profissional, dirigindo-se a alguém como você faria dentro de um cenário de entrevista.

3. Apenas os nomes para os amigos

Não: Nunca endereço de alguém em um e-mail profissional pelo seu primeiro nome, salvo instruções em contrário, por parte do indivíduo para fazê-lo.

O que fazer: Usar formalidade, tais como "Ms. Último Nome" ou "Mr. Último Nome."

4. Anexar quando perguntado

Não: Anexar documentos de grandes dimensões a e-mails, como um portfolio, currículo ou sua carta de apresentação, sem a permissão para fazer isso. Isso pode irritar o destinatário, como ele vai entupir sua caixa de emails.

Fazer: Oferecer-se para enviar uma cópia de seu currículo, carta de apresentação ou carteira de no seu e-mail inicial. Se o destinatário gostaria de ver a sua informação, ele ou ela vai pedir que você enviar, e você será capaz de fazê-lo naquele momento.

5. A revisão mostra que você se importa

Não: Projeto seu e-mail e enviá-lo rapidamente, sem olhar para ele algumas vezes.

O que fazer: redigir o seu e-mail e relê-lo, verificando se ela várias vezes completamente para qualquer erros ortográficos e gramaticais.

6. Organização

O que não fazer: Escreva o seu e-mail, sem claramente a organização de seus pensamentos.

O que fazer: Organizar seu e-mail em uma introdução, o corpo e o fecho. Sua organização formato deve seguir:
  • Introdução: os Estados a sua razão para entrar em contato com a pessoa.
  • Corpo: Detalhes as informações que você está tentando transmitir.
  • Conclusão: conclui seu e-mail, incluindo, se você vai entrar em contato com eles no futuro, ou se você gostaria de entrar em contato.

7. Re: Preguiçoso

Não: Continuamente a resposta para seu e-mail, pois vai criar uma grande corrente de e-mail que pode tornar-se longo e confuso.

Pode parecer preguiçoso, pois é muito mais fácil constantemente optar por "responder", apesar de o tópico na linha de assunto não é mais relevante.

O que fazer: Criar um novo e-mail com a sua própria linha de assunto.

Se anterior partes de conversação são relevantes, eliminar as partes da cadeia que não são mais necessárias para o entendimento do atual conversa por e-mail, mantendo-se as partes da cadeia que são relevantes.

8. Tem algumas maneiras

Não: Negligência dizer "por favor" e "obrigado", quando necessário. Apesar de este deve ser o senso comum dentro do mundo profissional, não é sempre o caso.

O que fazer: Dizer "por favor", "obrigado", e de assinar seus e-mails com um cortês assinar, tais como "atenciosamente" ou "melhor".

9. Timing é tudo

Não: Negligência responder por dias ou mesmo semanas.

O que fazer: Responder dentro de um tempo hábil. Se você é uma pessoa extremamente ocupada e não tem tempo para uma resposta adequada, e-mail, a pessoa e deixá-los saber que você recebeu em seu e-mail e responderemos o mais brevemente possível, dando um tempo estimado de quando você acha que vai realmente ser capaz de voltar para eles – e, em seguida, fazê-lo dentro desse período de tempo.

10. Não ser carente

O que não fazer: Enviar um e-mail de acompanhamento, sem permitir que um mínimo de alguns dias para passar do tempo você enviou alguém um e-mail.

O que fazer: Enviar e-mails anteriores, de modo que você não está na necessidade de uma resposta assim que possível. Embora a nossa cultura é usado para gratificação instantânea, é cortesia comum para permitir que o tempo termine.

Depois de vários dias se passaram, você pode enviar um e-mail de acompanhamento.

Veja mais dicas em: http://entrarnomeuface.net/gmail-com-br

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Viagra faz mal?

Muita gente tem dúvidas, sobre o que é e para que serve o medicamento chamado Viagra! Pois bem, Viagra foi desenvolvido para ajudar os homens que tem disfunção erétil para conseguirem ter ereções, isto, quando já se encontram sexualmente estimulados!

Como funciona o Viagra

O Viagra provoca a dilatação dos vasos sanguíneos do pênis, melhorando o fluxo de sangue quando está estimulado permitindo a ereção, mas, um alerta, este medicamento não é para ser usado pelos homens que não tem problemas de disfunção erétil ou impotência!


Como tomar Viagra

A dose recomendada pelos especialistas é de apenas 50 mg por dia, esta é a quantidade que pode tomar com segurança, e nunca tome mais de 1 vez no mesmo dia.

O ideal é que o comprimido seja ingerido inteiro sem mastigar, com 1 copo de água uma hora antes de iniciar a atividade sexual, mas, convém lembrar que o Viagra só funciona depois que o homem estiver sexualmente estimulado, caso contrário, a ereção esperada não acontecerá!

Geralmente o tempo em média para que o Viagra funcione é após 30 minutos da ingestão até 1 hora, claro, que isto, não é uma regra, visto que cada organismo pode reagir de forma diferente, o importante também é saber, que o efeito pode ser mais demorado, caso tenha tomado junto com uma refeição mais pesada!

Para os homens que tomarem bebidas alcoólicas antes de tomar Viagra, certamente não conseguirão atingir a ereção, mesmo assim, não é aconselhável aumentar a dose, já que podem aparecer efeitos secundários que podem ser bem desagradáveis! Veja algumas opções alternativas ao viagra: http://testosterona.me/opcoes-genericas-ao-viagra/

Para os homens que mesmo tomando Viagra na forma indicada, não conseguem obter ereção, ou, esta não se prolongue pelo tempo desejado, o melhor a fazer é procurar um médico para relatar o problema!

Contraindicações do Viagra

O Viagra como qualquer outro medicamento deve ser evitado pelos homens que apresentam os seguintes quadros clínicos:

·       Que já fazem uso de medicamentos com nitratos ou doadores de óxido nítrico, para dor da angina;

·       Que tenham problemas graves de coração;

·       Que tenham problemas no fígado;

·       Que tenham alergia a algum componente do Viagra, como por exemplo, o sildenafil;

·       Com pressão arterial baixa;

·       Que tenham sofrido recentemente um acidente isquêmico cerebral, ou ataque de coração;

·       Para aqueles que tem alguma doença ocular hereditária, ou teve uma perda da visão devido a neuropatia óptica isquêmica;

·       Para os homens que já fazem uso de medicações para a disfunção erétil, não é aconselhável tomar também o Viagra;


·Menores de 18 anos não podem tomar Viagra;

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Dicas para você não parar de ganhar massa muscular!

Cada músculo tem formato, tamanho e capacidade diferentes. Naturalmente, respondem de maneiras diferentes aos estímulos dos exercícios. É por isso que, às vezes, você tem que dar atenção maior a determinado grupo muscular – ou corre risco de ficar com o corpo um pouco desproporcional. Aprenda a equilibrar o seu treino – e o seu corpo!

Aumente a frequência do treino

Uma boa técnica para desenvolver um músculo que está estagnado é aumentar o número de vezes em que você treina aquele grupo muscular. Assim, o estímulo extra e diferente do que está acostumado ajudará bastante no desenvolvimento dessa musculatura. Mas tenha cuidado: se a frequência do treino é aumentada, o volume e a intensidade devem ser diminuídos, evitando lesões.

Isole o músculo em questão

Em geral, treinadores indicam exercícios compostos, que são os que desenvolvem grupos musculares variados. Mas o isolamento pode ser bom para desenvolver músculos específicos. Para isso, é fundamental fazer exercícios em que você sinta o esforço do músculo em questão. O exercício certo é diferente para cada pessoa. Vá estando e encontre o melhor para o músculo que você quer desenvolver.

Varie os estímulos frequentes

Se o seu corpo está acostumado a reagir de determinada forma quando estimulado, nada mais simples do que alterar o estímulo para que o corpo tenha uma reação diferente e desenvolva o músculo que se deseja. Alterar o número de séries do exercício, ou de repetições, ou o tempo de descanso e até velocidade dos movimentos pode ser uma boa para crescer o músculo que está estagnado.

Aposte em superséries

O treino que conjuga exercícios sem descanso é muito eficaz para desenvolver musculatura. É interessante realizar exercícios compostos conjugados com exercícios isolados, para potencializar o desgaste muscular. Com a exaustão muscular causada pela supersérie, o corpo trabalhará mais tempo reconstruindo as fibras musculares desgastadas, resultando no crescimento deste músculo.

Faça suplementação corretamente

Somatodrol é o mais indicado para desenvolver a musculatura – é interessante consumir junto com outros suplementos. Como aumenta a liberação de testosterona e GH no sangue, faz com que os músculos se desenvolvam com maior facilidade, e por isso é essencial para estimular aquele grupo muscular que você tem maior dificuldade para fazer crescer. Com Somatodrol, ganhar desenvolver músculos estagnados fica muito mais fácil.

Os principais benefícios do colágeno

Com o avançar da idade muitos de nós (principalmente as mulheres) passam a lidar com um efeito desagradável comum a passagem dos anos e a ação da gravidade: a flacidez da pele. Cabelos, unhas e articulações também costumam sentir esse avançar dos anos, de maneira igualmente incômoda.

Por que isso ocorre, afinal? Esses episódios são consequências diretas da ação do colágeno no organismo, ou melhor dizendo, da falta dela. Mas você sabe o que isso? Conhece os seus benefícios? Não? Pois prepare-se para aprender, pois neste artigo explicaremos o valor desse componente e como se livrar dos problemas que a ausência dele traz a nossa autoestima e ao nosso corpo!

O que é?

Colágeno nada mais é do que uma proteína, presente no nosso corpo desde que nascemos. Ele nos acompanha durante toda a vida, mas a partir dos 30 anos há uma queda sensível na sua produção, que se agrava com o passar do tempo.

Entre os benefícios do colágeno podemos destacar a sua capacidade de sustentar estruturas do nosso corpo que não são mantidas pelos ossos. Desse modo é dele a responsabilidade pela firmeza da pele, das unhas, dos cabelos, das cartilagens e até dos tendões.

Ele também oferece estrutura aos órgãos internos que temos e aos nossos ossos, de modo que sua presença no organismo é mais do que fundamental, já que o aproveitamos de todas as formas possíveis no corpo, ainda que de maneira diferenciada. Sua importância se iguala a da ferragem na formação do alicerce, durante uma construção, por exemplo.

Como repor?

Como dissemos anteriormente, depois da terceira década de vida há uma queda na produção dessa proteína, de maneira que alguns prejuízos começam a ser notados. Entre as perdas mais significativas e notadas estão a da firmeza da pele e dos ossos, a falta de lubrificação para a elasticidade articular e claro, a ausência de rigidez de partes valiosas do nosso corpo como os tendões, prejudicando a movimentação do dia a dia.

Seria uma pena então ter que começar a abrir mão dos benefícios do colágeno ao soprar as 30 velhinhas do bolo, não é verdade? Felizmente isso não é necessário, já que existem muitas formas de repor essa proteína no organismo, seja de forma natural ou artificial, orgânica ou estética.

Nos supermercados e farmácias podemos encontrar com grande facilidade o colágeno em pó, para ser consumido diluído na água ou no leite. Dez gramas diárias são suficientes, dizem os especialistas. Além disso, uma alimentação rica carnes, ovos e derivados de leite ajuda a suprir essa ausência causada pela queda da produção da proteína pelo organismo.

Também vale a pena apostar nos exercícios físicos e no banho de sol controlado, para que o corpo seja estimulado a nos premiar com mais e mais colágeno. Vale lembrar que produtos de beleza costumam contar com doses consideráveis da proteína. Os mais comuns são os cremes de hidratação da pele e dos cabelos.

Além disso, já existem alguns equipamentos que também são capazes de estimular a produção da proteína, para que assim possamos usufruir dos benefícios do colágeno. Equipamentos de radiofrequência costumam oferecer esse efeito positivo, permitindo que a pele do rosto e outras partes do corpo recobrem parte de sua firmeza! Dependendo de suas possibilidades e interesse vale o investimento!

Confira na imagem abaixo o preço médio das cápsulas de colágeno:
Veja mais dicas acessando: Colágeno Brasil e também o Minha Vida

Benefícios do óleo de peixe para a saúde

Ultimamente a saúde está sendo muito mais cuidada pelos brasileiros, e uma das principais armas é o conhecido ômega 3, amplamente comercializado e difundido pelos canais de televisão, pois são ácidos graxos poli-insaturados próprios para proteger o coração, artérias e veias do sistema cardiovascular.

O ômega 3 é comercializado em forma de cápsulas de gel e extraído de peixes encontrados em águas profundas e frias, como o atum, arenque, sardinha, cavala e principalmente o salmão, além desses peixes também pode ser encontrado numa escala bem menor em vegetais como no óleo de canola, óleo de soja, no azeite, na rúcula, espinafre, linhaça e nas sementes de sálvia.

Saiba quais são os benefícios do Óleo de Peixe para Saúde

  • Ideal para controlar a pressão arterial;
  • Favorece a circulação do sangue;
  • Auxilia nos sintomas de Alzheimer;
  • Previne doenças do coração e ataques cardíacos;
  • Ajuda no combate a osteoporose;
  • Melhora as funções cerebrais;
  • Fortalece o sistema imunológico;
  • Age como anti-inflamatório natural melhorando as articulações;
  • Diminui a taxa do colesterol ruim (LDL);
  • Previne casos de depressão, de transtorno bipolar e de esquizofrenia;
As gorduras boas que são fornecidas com a ingestão do ômega 3 diariamente também ajudam na prevenção de doenças mais sérias como o câncer de mama, de cólon e na próstata.

Os benefícios do Óleo de Peixe para a saúde, o ômega 3 não param, também podem ajudar na prevenção de doenças nos olhos, como síndrome do olho seco, e outras mais graves que podem ser geradas com a idade avançada como a Degeneração da Mácula, e caso ocorra no idoso, pode levar a perda total da visão, por isso, é importante incluir o suplemento na dieta desde jovem.

A produção de colágeno e de elastina são beneficiadas com o óleo de peixe, dessa maneira a pele fica mais lisa e clara, ganhando aparência mais jovem, além de atenuar manchas inclusive de sol. Os cabelos também se tornam mais brilhantes, saudáveis e crescem mais fortes.

O sistema nervoso é outro ponto importante onde os benefícios do óleo de peixe para a saúde é bem-vindo, pois age como calmante natural e estimula o bom humor, além disso, quem estiver precisando melhorar o raciocínio, ter mais disposição para trabalhar, ou, precisa ficar com a memória mais aguçada para os estudos, o ômega 3 pode ser realmente a solução, e o melhor de tudo é que não há nenhum tipo de efeito colateral!

Vale a pena experimentar!

Mais dicas e informações você encontra no eCycle.

Chá verde: você realmente sabe dos benefícios?

Você provavelmente já ouviu falar de chá verde. Essa bebida se tornou extremamente popular nos últimos tempos, embora ela já exista há milhares de anos. Sua fama atual se justifica pela promessa de que ao ser ingerido ele é capaz de desintoxicar o organismo, de desinchar o corpo e ainda acelera o metabolismo, o que o tornaria um aliado do emagrecimento.

Mas será que tudo isso é verdade? Bem, ao contrário de outros produtos que juram ter propriedades que na verdade não possuem lidamos aqui com um caso em que os benefícios oferecidos são de fato reais, e o melhor: o feito é comprovado cientificamente!

Há algum tempo um incrível estudo foi publicado pela American Journal of Clininal Nutrition, revista aclamadíssima da Sociedade Americana de Nutrição. A pesquisa se baseava em dividir pessoas acima do peso em dois grupos. Os dois se alimentaram com um cardápio de baixas calorias, mas só o primeiro consumiu de seis a oito xícaras de chá verde por dia.

O resultado? Esse primeiro grupo perdeu 4% a mais de gordura do que o segundo, apesar de terem seguido a mesma dieta. Não é incrível?

Por que isso acontece?

Esse resultado impressionante que a pesquisa mostrou prova outra incrível capacidade do chá verde: a sua ação lipolítica, ou seja, trata-se de uma bebida que ajuda na eliminação da gordura.
Aliando isso ao aceleramento do metabolismo que ele oferece, a desintoxicação que proporciona ao organismo e a capacidade de facilitar a digestão ele acaba se mostrando um poderoso parceiro para aqueles que desejam muito perder peso.

Mas atenção: dois ou três golinhos por dia não bastarão. Se você quer colocar esse chá na sua vida para conquistar objetivos rapidamente é preciso ter disciplina e isso inclui fazer exercícios sempre, reeducar a sua alimentação e claro, ingerir pelo menos cinco xícaras da iguaria diariamente!
Artigo relacionado: Conheça os benefícios do matcha

Outras vantagens

Não podemos negar que o chá verde já tem uma gama respeitável de benefícios que oferece, mas ainda existem outras vantagens em consumi-lo que nem todos conhecem. Saiba mais assistindo ao vídeo do MinhaVida:

Quer alguns exemplos? Aí vai…

Ele faz bem para a pele de verdade, graças as suas altíssimas concentrações de antioxidantes, muito mais fortes e efetivos que outras substâncias famosas por atuarem contra o surgimento precoce de rugas, como as vitaminas C e E e os carotenos;

Ajuda a prevenir cardiopatias, já que é muito eficiente em reforçar as artérias e diminuir o colesterol ruim. Além disso, também apresentam a capacidade de bloquear o acúmulo de gordura na parede dos vasos sanguíneos;

Algumas análises ainda em fase inicial apontam que ele melhora a memória daqueles que o consomem;

É ótimo para a prevenção de inflamações na gengiva e também combate tumores malignos, especialmente na região da boca e da mama;

Como preparar corretamente?

Embora não haja nenhum segredo na preparação desse chá é importante conhecer bem todo o processo, pois é esse cuidado que determina a potencialização da sua funcionalidade no nosso organismo!

Primeiro coloque a água para ferver, idealmente um litro. Quando aparecerem as primeiras bolhas desligue e faça ali a infusão de duas colheres de sopa da erva. Abafe por três minutos, coe e está pronto! Depois é só beber e então aproveitar todas as propriedades que essa maravilha vem oferecer!