quarta-feira, 1 de junho de 2016

Os principais benefícios do colágeno

Com o avançar da idade muitos de nós (principalmente as mulheres) passam a lidar com um efeito desagradável comum a passagem dos anos e a ação da gravidade: a flacidez da pele. Cabelos, unhas e articulações também costumam sentir esse avançar dos anos, de maneira igualmente incômoda.

Por que isso ocorre, afinal? Esses episódios são consequências diretas da ação do colágeno no organismo, ou melhor dizendo, da falta dela. Mas você sabe o que isso? Conhece os seus benefícios? Não? Pois prepare-se para aprender, pois neste artigo explicaremos o valor desse componente e como se livrar dos problemas que a ausência dele traz a nossa autoestima e ao nosso corpo!

O que é?

Colágeno nada mais é do que uma proteína, presente no nosso corpo desde que nascemos. Ele nos acompanha durante toda a vida, mas a partir dos 30 anos há uma queda sensível na sua produção, que se agrava com o passar do tempo.

Entre os benefícios do colágeno podemos destacar a sua capacidade de sustentar estruturas do nosso corpo que não são mantidas pelos ossos. Desse modo é dele a responsabilidade pela firmeza da pele, das unhas, dos cabelos, das cartilagens e até dos tendões.

Ele também oferece estrutura aos órgãos internos que temos e aos nossos ossos, de modo que sua presença no organismo é mais do que fundamental, já que o aproveitamos de todas as formas possíveis no corpo, ainda que de maneira diferenciada. Sua importância se iguala a da ferragem na formação do alicerce, durante uma construção, por exemplo.

Como repor?

Como dissemos anteriormente, depois da terceira década de vida há uma queda na produção dessa proteína, de maneira que alguns prejuízos começam a ser notados. Entre as perdas mais significativas e notadas estão a da firmeza da pele e dos ossos, a falta de lubrificação para a elasticidade articular e claro, a ausência de rigidez de partes valiosas do nosso corpo como os tendões, prejudicando a movimentação do dia a dia.

Seria uma pena então ter que começar a abrir mão dos benefícios do colágeno ao soprar as 30 velhinhas do bolo, não é verdade? Felizmente isso não é necessário, já que existem muitas formas de repor essa proteína no organismo, seja de forma natural ou artificial, orgânica ou estética.

Nos supermercados e farmácias podemos encontrar com grande facilidade o colágeno em pó, para ser consumido diluído na água ou no leite. Dez gramas diárias são suficientes, dizem os especialistas. Além disso, uma alimentação rica carnes, ovos e derivados de leite ajuda a suprir essa ausência causada pela queda da produção da proteína pelo organismo.

Também vale a pena apostar nos exercícios físicos e no banho de sol controlado, para que o corpo seja estimulado a nos premiar com mais e mais colágeno. Vale lembrar que produtos de beleza costumam contar com doses consideráveis da proteína. Os mais comuns são os cremes de hidratação da pele e dos cabelos.

Além disso, já existem alguns equipamentos que também são capazes de estimular a produção da proteína, para que assim possamos usufruir dos benefícios do colágeno. Equipamentos de radiofrequência costumam oferecer esse efeito positivo, permitindo que a pele do rosto e outras partes do corpo recobrem parte de sua firmeza! Dependendo de suas possibilidades e interesse vale o investimento!

Confira na imagem abaixo o preço médio das cápsulas de colágeno:
Veja mais dicas acessando: Colágeno Brasil e também o Minha Vida

Um comentário:

  1. Saiba como milhares de pessoas estão revertendo a complicada vida de um diabetico http://vivermelhoragora.net/vencendodiabetes/

    ResponderExcluir